NZ programa all-de-governo destina VMware, Oracle e Citrix

O governo da Nova Zelândia está entrando em negociações com a VMware, Oracle e Citrix como parte de sua estratégia de aquisição de software para concluir todo-de-government acordos de licenciamento com os seus principais fornecedores de software.

As negociações foram inspirados pela conclusão com êxito de um acordo de governo transversal semelhante com a Microsoft em 2012.

Após negociações com o trio atual, o Departamento de Assuntos Internos irá apontar para acordos semelhantes com a SAS, SAP, Adobe, IBM e HP, bem como a renovação de seu acordo com a Microsoft em 2015.

“Engajamento com a VMware, Oracle e Citrix já começou e a equipe do programa é a criação de grupos consultivos cliente para cada um desses fornecedores”, o escritório de TIC do Departamento disse em um boletim emitido hoje.

Estes grupos irão fornecer conselhos sectoriais sobre os requisitos e orientações estratégicas, e garantir os resultados certos são alcançados com os fornecedores.

Em 2012, o Departamento de Assuntos Internos estimou que o novo acordo Microsoft iria economizar até R $ 119 milhões ao longo do período de três anos do acordo, ou 55% do total das despesas de licenciamento Microsoft por mais de 100 agências governamentais separadas.

Chorus anuncia banda larga gigabit velocidades em toda Nova Zelândia

Pentágono criticado por resposta cyber-emergência por watchdog governo

Paraolímpicos brasileiros beneficiar da inovação tecnológica

governo brasileiro pode proibir Waze